sexta-feira, 29 de junho de 2012

"EA - Esmaltólicos Anônimos - comprinhas"


E aí pessoas...
Hoje tive um ataque consumista, bateu um arrependimentozinho quando cheguei em casa, não pelas compras em si, mas porque acho que não deveia ter comprado tanto, afinal estou em fase de economia master para um bem maior.
Mas enfim o estrago já está feito, então bora aproveitar...

Deixa eu mostrar minhas aquisições:


Todas as comprinhas.


close 1
close 2



Não era fã, não, mas depois que descobri esse Aspa, AMEY!

Adesivos para nail art

Pó de floc para as unhas de pelúcia.

Hits Phenomena: Moonbow, Borealis e Air Glow

Hits Mari Moon: Daring e Unconventional

Risqué: Viúva negra, Star e Azulcrination (Isabeli Fontana) e Base niveladora

Impala: Na mira 3D: 3D e super brilho

Fina Flor: Cobre (Maxicromo)
 Quem nunca teve um ataque consumista que atire a 1ª pedra.
Mas diz aí não são lindos?
Está justificado meus gastos...

Bjins e até o próximo post. =^.^=







terça-feira, 26 de junho de 2012

'EA - Esmaltólicos Anônimos: Deborah Lippmann Fake"

E aí girls and guys...
Sou apaixonada por esmaltes não é de hoje,  fiz curso de manicure ainda adolescente e de lá pra cá a paixão foi só aumentando.
Porém sou uma viciada controlada rs, não sou de comprar esmaltes importados ou me endividar por causa deles, porém desde que vi os esmaltes Deborah Lippmann tenho ficado tentada a comprá-los porque os bichinhos são lindos!!
Acontece que dar R$ 70,00 reais num vidrinho de esmalte ainda é loucura demais pra mim, então tenho me controlado muito, mas de todos que vi o objeto de meu desejo é o Across the Universe.
Across the Universe - Deborah Lippmann
Ontem porém zanzando pela net encontrei, nem lembro como, um blog muito legal sobre esmaltes o Le Vernis, que para uma apaixonada por esmaltes como eu foi como achar dinheiro esquecido no bolso da calça, ou seja, muito bom!
Fuçando o blog eis que me deparo com uma postagem falando exatamente dos tais Deborah Lippmann e sobre a grande descoberta de como fazer os fakes deles, foi aí que pirei né!
O problema é que o esmalte usado é o Techno da China Glaze que eu não tenho, aí bateu a tristeza...
Fui dormir #chatiada, dormir mal pensando no esmalte...
Eu estava com as unhas feitas com o Azul Pavão, da Impala - disco, pois eu pretendia fazer hoje a nail art Tape Mani e pra isso tinha que estar com o esmale bem seco.
Só que a cabeça estava no fake do DL, separando os esmaltes pra começar a fazer a Tape Mani, vi o Disco Ball da Impala Disco me olhando, nós nos olhamos rolou uma afeição e pensei por que não né?
Como o título da postagem do Le Vernis diz, quem não tem cão caça com gato!
Ok, agora precisava de um esmalte que fizesse aquela cobertura tipo jelly como ensina no Le Vernis, putz também não tinha nenhum.
Catei um vidrinho vazio coloquei um pouco de esmalte incolor e fui colocando algumas gotas do Azul Pavão e um outro azul que tenho aqui, que já até sumiu o nome de tão velhinho que tá, mas pra experiência estava valendo.
Não tenho como precisar a quantidade que usei pois foi no olhômetro mesmo.
Fiquei com pena de tirar o Azul Pavão e passar o preto como indica no Le Vernis, até porque minha idéia era testar, ia fazer uma filha única de experiência e o resto seria a Tape Mani.
Mas não deu, quando vi o resultado o desejo por brilho falou mais alto.
E agora sem mais lenga lenga vamos ao resultado!
Os bonitinhos da experiência.
Clica na foto que amplia. ;)


Foco mandou lembranças...




Eu usei:
2x Azul Pavão - Impala disco
1x Hera - Hits no Olimpo
2x Disco Ball - Impala disco
2x Misturinha de incolor com pigmentação azul

Igualzinho mesmoooo, não está. Mas está bem perto e já me deixou mega feliz, agora vou fazer estoque do Disco Ball, pois já estou aqui imaginando a lindeza que deve ficar essa experiência em verde!*_*
Estava estudando durante o dia e toda hora me pegava namorando as minhas unhas...
Bom é isso espero que tenham gostado...
Diz aí não dá pra quebrar um galhão?

Deixe seu comentário...bjins =^.^=




sexta-feira, 22 de junho de 2012

Gatucha (Gata + fofucha) de botas...

E aí people,
Hoje preparei um post um pouco diferente do que sempre estava postando, então entra inverno, sai inverno e lá estão elas firmes e fortes em todas as vitrines, tem pra todos os gostos...
Com salto alto,  salto baixo, cano alto, cano curto e de todas as cores e materiais imagináveis em um sapato, estou falando de BOTAS, é claro!!
São tantas emoções, digo opções...

Toda mulher deseja ou desejou uma bota pra chamar de sua em algum momento da vida, eu particularmente desde que me entendo por gente que tenho facinação por esses sapatos.
O que me faz lembrar de uma história da minha infância, que eu queria porque queria uma bota de salto alto, de tanto pertubar minha mãe, ela me levou numa loja pra escolher a tal bota de salto alto. Acontece que calcei a bota toda feliz e fiquei admirando ela nos pés, minha mãe me mandou andar com a bota pra ver se estava machucando, não consegui dar dois passos e me estabaquei no chão dentro da loja, claro que eu abri o berreiro (acho que tinha uns 6 ou 7 anos) e cheia de raiva arranquei as botas e joguei no chão quase quebrando o salto da danada, levei uns tapas pra parar de malcriação e ainda fiquei sem botas e nem nada.
Mas apesar desse episódio marcante, sempre achei lindas...
Eu particularmente não gosto de usar botas de salto (Será trauma do episódio narrado?), eu tenho um histórico de torcer o pé, já engessei tantas vezes os dois pés que já perdi a conta, por isso só uso salto alto em ocasiões especiais e de preferência que eu fique sentadinha sem correr muitos riscos.
Mas é claro que pra uma apaixonada por botas isso não seria problema já que existe as botas estilo montaria!
Porém na vida de uma plus size não basta gostar de uma bota para levá-la para casa e ser feliz para sempre, é preciso vencer várias fases como em um vídeo game antes de chegar ao momento feliz.
A primeira fase vem em achar uma bota bonita, com preço acessível e que não apenas nos nossos pézinhos de fadas, mas também nas nossas panturrilhas, carinhosamente chamadas de batatinhas da perna.
Uma parte da saga foi facilitada, já que agora existe lojas especializadas em botas para nós como mostrou a Mari no Fat blog da Mari nessa postagem aqui.
Entre tanto vem a segunda fase da saga, que eu acredito ser a mais complicada, como usar botas sem ficar parecendo um botijãozinho?
Acontece que nos editoriais de moda sempre tem aquelas modelos altas e esquias vestindo produções maravilhosas e que nós pobres mortais teimamos em copiar fielmente, o problema é que esquecemos de nosso biotipo exige algumas adaptações, ou em vez de ficarmos maravilhosas ficaremos estranhas, parecendo mais gordas que a realidade, mais nanicas e com isso acaba nossa auto estima.
Diante disso separei alguns looks pluz size que acertaram em cheio no conceito "GATUCHA DE BOTAS", vamos ver?

Um look prático, confortável e com destaque pra bota verde, quebrando o básico branco e preto.

Vestidinho com cinto marcando a cintura ficou super feminino.

De short ficou super jovem, também dá pra usar com meia que é tendência forte nesse inverno.
Looks: #1 , #2 e #3

Eu montei também  um look com botas que usei pra ir num passeio com meus amigos no Forte de Copacabana, vamos ver...



Armada e perigosa...rs


Então você gosta de botas também? Gostou dos looks?
Me conta...deixe seu comentário...Bjins =^.^=

PS. Tá de bobeira no Facebook, então curta a página gospel que eu criei...Aos pés da Cruz

"EA - Esmaltólicos Anônimos:Flocado fosco + espanhola"

Hello pipow,
Sei que tô na dívida com o blog, mas estudar para concurso não deixa muito tempo livre para lazer e sem contar que realmente minha câmera está em estado terminal, vendo a hora ela morrer de vez e isso desanima de tirar fotos.
Até tentei com celular, mas não saiu grandes coisas. Enfim chega de lamentações e vamos ver o que deu pra salvar.
Na semana retrasada pedi ajuda no Facebook para escolher qual esmalte deveria usar porque estava num dilema só... 
 
E os indicados foram...

O vencedor foi o nº2, preto com o flocado e cobertura fosca, gostei bastante do resultado e acabei repetindo a combinação semana passada, mas para não ficar tão igualzinho resolvi fazer uma espanhola com um multichrome da Kolt.
O resultado ficou um arraso com as pontas mudando de cor...uma pena que a câmera não conseguiu pegar... =/





Até com o celular eu tentei pegar o efeito das pontas espanholas

Bem foi isso, vou ver se amanhã consigo tirar fotos direito do esmalte da semana..bjins e deixe seu comentário ...^^

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Stalker: Ian Somerhalder

Olá Pipow, então eu acho que criei um pouco de resistência a falar do assunto devido a decepção que meio que me traumatizou, mas chega de enrolar e vamos falar sobre a passagem do furacão Ian Somerhalder pelo Brasil.

Nos dias 2 e 3 de Junho aconteceu aqui no Rio a Mistyc Moon Convention, uma convenção da série The Vampire Diaries.
Ian chegou ao país na quinta feira, 31 de maio e foi para São Paulo onde tinha um compromisso com a Jhon Jhon, loja de roupas, Ian participaria da inauguração da Flagship da marca.
Sabendo disso nem fui tentar nada na quinta (preguiça de acordar cedo e ir pro aeroporto mesmo.).
 Já na sexta sabia que ele teria que voltar para o Rio por causa da convenção no sábado logo cedo, então cumpri minha agenda de trabalho pela manhã e já fui preparada para levar o tempo que fosse na sexta para vê-lo.
O site Ego fez o"favor" de noticiar em qual hotel ele estava hospedado, no caso no Fasano, informação essa que eu já deduzira uma vez que foi lá que o Jared ficou.
Com isso, como já era previsível, centenas de fãs (leia-se posers, fãs eram poucos.) se amontoaram na porta do hotel.
Esses são fãs


Quando eu cheguei lá por volta das 14:30 hs, o Ian tinha acabado de chegar de São Paulo, então estava no lugar certo, na hora certa, era só esperar.
O hotel colocou grades para manter a calçada livre para o carros que chegavam.
Estava chovendo, então eu fiquei em baixo da marquise do hotel um pouco distante da entrada principal, quando começou uma gritaria ensurdecedora. 
Já por volta das 19 hs, Ian desceu para falar com os fãs.
Ouvindo os gritos sem saber o que era me aproximei da entrada, foi quando o vi, lindo, acenando para os fãs e fazendo sinal para que parassem de gritar.
Me aproximei, mas me mantive afastada e comecei a tirar fotos, quando começou o caos, dezenas de "fãs" começaram a invadir o local, pulando a grade e agarrando o Ian.
Eu fiquei assustada com a bestialidade do "ataque", claro que com isso Ian entrou no hotel.






Ainda tive que ouvir umas vadias (falo mesmo!) mandando os seguranças do hotel me tirarem de debaixo da marquise quando eles começaram a colocar todo mundo de volta atrás da grade.
É claro que isso não aconteceu, eles nem vieram falar comigo e eu já estava pronta pra dar aquela resposta atravessada embasada na Constituição rsrs...
Ainda fiquei por lá até meia noite, mas Ian acabou jantando no hotel mesmo.
No sábado lá fui eu novamente, como sabia que ele estava na convenção o dia todo, só fui pro Fasano já no início da noite, meia hora depois que eu cheguei, ele chegou também acenou para os fãs e entrou.

Ian chegando

Ian mandando beijos
Entrando no hotel


  No sábado estava disposta a esperar o que fosse para conseguir uma foto descente dele, então esperei e esperei...lá por volta das 22:30hs eu e outros fãs vimos dois carros saindo da garagem do hotel, no primeiro estava o pai do Ian, no segundo apesar de não dar pra ver deduzimos ser ele.
Fiquei meio xoxa, pq o nº de fãs já tinha diminuidp consideravelmente, foi desnecessário ele sair pela garagem.
A Bianca, que conheci na caçada ao Cast de SPN, me deu a dica que ela sabia onde ele estava, se eu topava rachar um táxi até lá, claro que topei.
Estava morrendo de fome, ia aproveitar pra jantar também, unir o útil e o agradável por assim dizer.
Pegamos um táxi rumo a Santa Tereza, catei o endereço do restaurante no google e ativei o GPS, porque o taxista não sabia onde era direito. São Smartphone
Chegando ao restaurante Aprazível, qual não foi a minha surpresa, ele já estava fechado!
Qual o restaurante descente que fecha as 23 hs num sábado em pleno Rio de Janeiro? Pode isso produção? 
Com fome e em um buraco de Santa Tereza, só me restou esperar, ora ele teria que sair.
Além de mim e da Bianca, ainda tinha umas 12 pessoas + o Márcio, que é um paparazzo (sim, está correto Paparazzo é singular; Paparazzi é plural.) que estava de plantão também.

Quando deu por volta de meia noite, o motorista que o aguardava, já se posicionou na entrada, disse que o Ian estava vindo e pediu que não gritássemos ou tentássemos o agarrar.
Claro, que já estávamos ciente disso e isso nem passou pela nossa cabeça.
Nos posicionamos na entrada do restaurante, na verdade parecia mais um corredor polonês rsrs...
Então ficou toda uma discussão para saber como falariamos com ele, decidimos então que eu falaria.
Confesso que fiquei nervosa um pouco, afinal a responsa de representar todo mundo ali, mas preparei a minha cara de pau que Deus me deu, fiz o download mental dos meus anos de inglês e me preparei.
Quando o Ian chegou, o motorista acenou com a cabeça que sim, dando a entender que sim tinha fãs o aguardando.
A moça que estava com ele (esqueci mesmo o nome dela) saiu primeiro e nos viu, voltou e falou alguma coisa com ele, quando ele saiu parecia um pouco assustado conosco e disse um "Hi, guys" meio tímido...
E recebeu de volta vários "Hi, Ian..."
Como combinado, comecei a falar com ele, pedi desculpas por incomodá-lo, que sabiamos que ele tinha tido um dia cheio, mas que estavámos ali para demonstrar nosso carinho por ele (é claro que isso não foi assim tranquilinho, ele estava mesmo assustado e foi caminhando em direção ao carro.)
Antes mesmo que eu tivesse a chance de pedir a ele educadamente que tirasse uma foto conosco (mesmo em grupo estava ótimo) alguém pediu uma foto com ele, e essa foi a frase mágica para quebrar todo o encanto, na mesma hora ele disse "Sorry, I can't" (Desculpe, Eu não posso.) e entrou no carro.

Ian no carro depois do " Sorry, I can't" vem um "Close the door"

 Após entrar no carro ele ainda soltou um "Close the door" (feche a porta) que doeu.
Mesmo ele dentro do carro continuei falando com ele, sabia que ele podia me ouvir, mas ele continuou com a porta e vidros fechados, sabe doeu saber que ele estava ali sentado dentro do carro, com as portas sem estarem travadas, uma dúzia de fãs do lado de fora, que se comportaram de forma exemplar e ele se negar.
Sei que ele estava cansado e tal, mas não levaria nem 5 minutos, o próprio Márcio tinha dito que tiraria a foto nossa com ele na máquina dele e depois ele mandava por e-mail, pra evitar demorar muito trocando de máquinas.

O pai do Ian foi um amor e ele sim veio falar com os fãs, disse para que dirigíssemos com segurança e tomássemos cuidado na volta, tirou fotos com algumas pessoas, apesar dele ter sido um fofo, não estava ali meia noite e meia por ele, então não quis tirar a foto.
O carro ficou parando um bom tempo ainda e depois assim que o carro se preparou para sair o Ian abaixou um pouco o vidro do carro e disse pra mim (tá não foi só pra mim...) "Luv you, guys." ao que eu respondi "I love you more", porque realmente o amo. Apesar da decepção, não consegui parar de amá-lo e admirá-lo.
Acho que a imagem que tenho dele, falo do Ian Somerhalder, ator, pessoa não apenas da personagem Damon, é mais forte que a frustração daquele momento.
Quem sabe em uma outra situação não consigo uma foto com ele, devo dizer que ele foi educado o tempo todo e procurou ser simpático, mas acho que devido a todo o assédio que teve, ele não estava preparado para isso e portanto acabou e fechando.
Mas enfim vida de fã stalker é assim mesmo, um dia ganhamos e outro não. E nem posso dizer que foi perda total de tempo, o vi pessoalmente ( e sim ele é gatíssimo ao vivo!) e troquei algumas palavras com ele, pelo menos ninguém pode dizer "Ah você foi atrás de um cara que nem sabe da sua existência!" Mentira, sabe sim! Ele sabe que tinha uma gorda mala falando com ele na porta do restaurante no Rio rsrs

É isso povo...até o próximo post. Bjins =^.^=






segunda-feira, 4 de junho de 2012

"EA - Esmaltólicos Anônimos: Folk"

Olá pipow... bem eu hoje iria postar sobre a vinda do Ian Somerhalder ao Rio, mas como estou na casa de praia a conexão aqui é horrível pra postar fotos, como já estava com o post pronto é só publicar hehehe...
No último post da tag Esmaltólicos Anônimos eu falei do lançamento da linha Trem da Vida da Impala, eu como sou muito curiosa, não aguentei me segurar muito tempo e tive que experimentar logo um dos esmaltes da linha que adquiri.

E o escolhido da vez foi o Folk, vamos ver?
Ele é um vinho escuro com brilhinhos rosa



Ele é o meu segundo favorito da linha
E aí gostou? Já tem algum favorito? Me conta...bjins =^.^=

Me vesti assim para...

Ir na festinha de 1 ano da Maria Clara!
No último dia 22 de maio, a filha dos meus amigos Marcos e Débora completou 1 aninho e a festa de comemoração foi hoje (bem, já passou da meia noite então tecnicamente ontem.)
Por ser uma festa infantil, procurei usar uma roupa bem confortável para poder entrar o clima das brincadeiras também...
Vamos ver?
Coloquei uma roupitcha básica...

Mas quem brilho foi o maxi colar



Apenas R$ 12,00 dinheirinhos...

 Blusa de malha da Citycol (isso mesmo!): R$ 12,00
 Calça marrom: Vovó que fez. ^^
 Sapatilha peep toe: R$ 16,90
 Maxi colar (lojinha de bijus que esqueci o nome): R$ 12,00

Bem é isso aí, depois vou postar sobre a aventura de ser stalker de Ian Somerhalder. E aí gostou? Não gostou? Por quê? Me conta...bjins =^.^=